terça-feira, 24 de novembro de 2009

Crime não

matar amor devia ser crime.
delito grave com punição à altura.
a forca, a faca, a solidão.

matar amor devia ser crime.
mas não.

é um mal menor apenas
quando aos poucos é o amor que te mata.

2 comentários:

Anónimo disse...

É impossível matar o Amor.
É possível matar o desejo de o sentir...
Não seremos nós os assassinos do nosso próprio sentimento? Talvez porque não somos punidos, continuamos a viver constantemente em delito. Ou porque nos punimos, sentimos que podemos continuar sem que nenhuma pena nos seja aplicada?
Até um dia... até ao dia em que o crime não compense porque, simplesmente, já deixamos de sentir... Porque não há mais nada para matar. Porque não há nada porque valha a pena morrer...

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.